Acessibilidade em foco

Unidade da ARTES CONSTRUTORA traz projeto de arquitetura inclusiva com assinatura de PhD 

O primeiro empreendimento da ARTES CONSTRUTORA na região sul de Belo Horizonte, o edifício San Carlo, traz como conceito uma questão de forte cunho político-social, a acessibilidade. Segundo o dicionário Aurélio, acessibilidade é a “qualidade do que é acessível, do que tem acesso. Facilidade, possibilidade na aquisição, na aproximação”. Mas o GRUPO ARTES sabe que na prática esse conceito é bem mais amplo e complexo e, por isso, o projeto inclusivo terá assinatura de quem entende do assunto, o PhD em Design, diretor do Laboratório ADAPTSE e professor da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais, Marcelo Guimarães.

Localizado no bairro Santo Antônio, o empreendimento terá 20 unidades residenciais de dois quartos, com duas vagas de garagem cada e revestimento externo integral em cerâmica. Além das áreas comuns do residencial serem acessíveis, a ARTES CONSTRUTORA apresenta um apartamento adaptado, com portas mais largas, pisos antiderrapantes e banheiros acessíveis a portadores de necessidades especiais.

Segundo Marcelo Guimarães, arquitetura inclusiva é aquela “desejável para o futuro em que todos possam compartilhar dos recursos com iguais oportunidades, pensada para a vivência plena e prazerosa de uma pessoa com deficiência. É a arquitetura do bom senso, da sustentabilidade, da longevidade, do bom gosto”. Ambientes acessíveis devem servir como referencial de qualidade para todos, continua o professor, se não for acessível, não é bom.

Suporte e segurança, espaço livre de movimentação, mobiliário leve, portátil e ajustável. São esses os elementos que serão levados em conta no projeto do apartamento. Marcelo acredita que a arquitetura inclusiva irá oferecer o cenário mais apropriado para as pessoas conhecerem, compartilharem e desejarem a construção de mais e melhor acessibilidade e design universal. Animado em participar desse projeto, ele parabeniza a iniciativa da ARTES CONSTRUTORA: “A construtora demonstra sensibilidade em investir numa demanda reprimida”.

Trabalhando para garantir a plena satisfação e comodidade de seus clientes, a empresa busca inovar sempre e superar expectativas. “Sendo um dos princípios do GRUPO ARTES a responsabilidade social, não poderíamos deixar de abordar o tema da acessibilidade em nossos empreendimentos. Além da aplicação prática do conceito, um dos nossos objetivos neste projeto é abordar o tema e trazê-lo à reflexão de nossos clientes e parceiros”, conclui o gerente de operações e financeiro da ARTES CONSTRUTORA, Felipe Bicalho.

One thought on “Acessibilidade em foco

  1. corburt erilio

    I was very pleased to find this web-site.I wanted to thanks for your time for this wonderful read!! I definitely enjoying every little bit of it and I have you bookmarked to check out new stuff you blog post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.